Textos


Desde o início, a vida é uma partida.
Riso, choro, velas e despedida.
O parto são duas mãos que se afastam,
Cordão de duas pontas que se gastam.
 
Navegar nunca tem volta, é ida
Sem norte nem rota estabelecida,
Rompe as ondas geladas que o arrastam
Sob um céu de estrelas que nunca bastam.
 
Zeus é só uma bússola emperrada,
É a lenda vulgar e mal contada
Do pescador que entra na neblina.
 
Ulisses sem a Ítaca ansiada,
Ouve a sereia que canta encantada,
Seu nome é melodia: Carolina.
Alexandre Coslei
Enviado por Alexandre Coslei em 31/01/2016
Alterado em 20/04/2016


Comentários